terça-feira, 17 de fevereiro de 2009



de tanto não poder dizer
meus olhos deram de falar
só falta você ouvir

(De tanto querer dizer e não poder. De tanto ter e poder, mas não querer. De tanto sentir, mas não dizer. De tanto querer, mas não poder dizer. Dizer, mas não querer poder. Poder, dizer, não querer sentir. Sentir, mas não querer querer. Querer, não poder, sentir, mas não dizer. De tanto querer sentir, dizer, poder sentir. Querer, querer, querer sentir e dizer e poder, mas não ter coragem)


apaixonada
apaixotudo
apaixoquase

(Hoje, apaixonada. Amanhã, talvez apaixoquase, talvez apaixotudo. De agora em diante, apaixonada estarei por ti, por ele, por nós, vós, eles. Apaixotudo? Isso sim são outros quinhentos...)


viver ou morrer
é o de menos
a vida inteira

pode ser
qualquer momento
ser feliz ou não
questão de talento
(Questão de momento. Sofrer sim, tormento, questão de talento)


por favor
não me aperte tanto assim
tenha cuidado, pega leve
olha onde pisa
isso é meu coração
meu ganha-pão
instrumento de trabalho,
meio de vida, profissão
meu arroz com feijão
meu passaporte
para qualquer parte
para qualquer arte
não machuque esse meu coração
preciso dele
para me levar a Marte
sem sair do chão
não me aperte
não machuque
tome cuidado
eu vivo disso
poesia, sonhos
e outras canções
sem emoção
morro de fome
sinto muito
mas não há nada
que eu possa fazer
sem coração

(Isso é meu ganha-pão. E sem ele não vivo, não como, não durmo, não respiro. Pega leve, meu irmão. Durão? Isso aqui é coração mole. Mole como manteiga fora de geladeira, como pão amanhecido no leite, como braço de vó, figo maduro. Não aperta, pega leve. Isso aqui é meu coração mole)




* À Alice Ruiz. Às meninas. À poesia.

3 comentários:

oh disse...

q coisa mais samba minhoca! :)

essas palavras são as que andam dançando em mim. essa poesia repetitiva, batucada, pedindo espaço, abre-alas. coisa de ariana, sei lá, mas meu coração anda sentindo - em outros ares - como o seu ;*


ps. gamay no teu eu-lírico, ele tem telefone?

sigoassimetrica disse...

Arrazou no post, amiga!
Saudade e novidades. Como sempre.
Bjo

TaTu Paula disse...

Belo post :)