segunda-feira, 3 de setembro de 2007

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.

E assim a existência vai passando... e se a gente olha para trás, perde o segundo decisivo e dá com a cara no poste que aguarda os sonhadores a cada esquina.

Eita vida vadia.

2 comentários:

Pensatriz disse...

Muito bom...
AdOOoooOOro encontrar blogs como este em noites como esta!

Coragem é a resistência ao medo, domínio do medo, e não a ausência do medo.

Nathalia disse...

É, todos nós vivemos a Quadrilha do Drummond.